Entregadores de comida e aplicativos digitais: quando caracteriza vínculo empregatício?

Aluer Baptista Freire Júnior, Lorrainne Andrade Batista

Resumo


Com a consideração devida o artigo objetiva pretextar as condições de trabalho dos entregadores de aplicativos digitais e a distorção do cadastro nas plataformas para com a realidade árdua que acabam construindo uma relação de empregador e empregado. Para tanto, junto à análise jurisprudencial, em seu conjunto de decisões, revelará o exequível vínculo empregatício com fundamento em seus elementos e o princípio da primazia da realidade.

Palavras-chave


Aplicativos digitais; Entregadores de comida; Primazia da realidade; Vínculo de emprego.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Aluer Baptista Freire Júnior, Lorrainne Andrade Batista

      https://www.sumarios.org/revista/romanitas   http://www.cnen.gov.br/centro-de-informacoes-nucleares/livre

Revista Vox é uma publicação eletrônica semestral mantida pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais do Leste de Minas (FADILESTE). ISSN: 2359-5183.
Para melhor visualização recomendamos a resolução mínima de 1024 x 768.