Saúde mental e neurociência: a importância da Reserva Cognitiva (RC) no envelhecimento saudável

Alessandro da Silva Leite

Resumo


O presente texto aborda as temáticas da saúde mental e da neurociência na perspectiva da importância da Reserva Cognitiva (RC) para o envelhecimento saudável. A metodologia escolhida foi a da revisão sistemática, a partir de textos de natureza empírica sobre o tema do artigo. No geral, os artigos analisados neste estudo apontaram que a RC tem se mostrado eficaz no combate aos efeitos negativos do envelhecimento. Por exemplo, no caso do envelhecimento saudável, a RC tem auxiliado na preservação de funções cognitivas e físicas, retardando por mais algum tempo o declínio natural delas. No caso do envelhecimento patológico, a RC tem auxiliado na preservação de funções que ainda não foram significativamente afetadas pelas doenças neurodegenerativas. Em certos


Palavras-chave


Saúde mental; Neurociência; Reserva cognitiva; Envelhecimento

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Alessandro da Silva Leite

      https://www.sumarios.org/revista/romanitas   http://www.cnen.gov.br/centro-de-informacoes-nucleares/livre

Revista Vox é uma publicação eletrônica semestral mantida pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais do Leste de Minas (FADILESTE). ISSN: 2359-5183.
Para melhor visualização recomendamos a resolução mínima de 1024 x 768.